sábado, 27 de março de 2010

Referenciais e itens de configuração de software

O IEEE Std nº 610.12-1990, apud PRESSMAN, 2006, p. 600, define um referencial como:

Uma especificação ou produto que foi formalmente revisto e aprovado, o qual daí em diante serve como base para o desenvolvimento futuro e que pode ser modificado apenas por meio de procedimentos formais de controle de modificação. (EEE Std nº 610.12-1990, apud PRESSMAN, 2006, p. 600).

Referenciais são utilizados para dar agilidade no processo de desenvolvimento de software, também chamados de linhas de base ou baseline, antes de se tornar um referencial as modificações podem ocorrer rapidamente e informalmente, após a aprovação de uma referência, ou linha de base, as modificações somente podem ocorrer após aprovações formais, isso ajuda a garantir que modificações não ocorram sem que as partes interessadas tomem ciência do impacto que pode causar, se fazer ou não fazer, estas mudanças no projeto.

Paula Filho (2003), define linha de base como:

Uma linha de base consiste em um ou mais itens de configuração de software, aprovados através dos procedimentos previstos pelos respectivos padrões e pelo Plano de Qualidade do Software de um projeto. (Paula Filho, 2003, p. 292)

Para melhor entender o que são itens de configuração de software  (Software Configuration Items - SCI), podemos recorrer a PRESSMAN, 2006, ele descreve da seguinte forma:

Um item de configuração de software é a informação criada como parte do processo de engenharia de software. Em caso extremo, pode-se considerar um SCI como sendo uma única seção de uma especificação grande ou um caso de teste em uma sequência de testes grande. Mais realisticamente, um SCI é um documento, toda sequência de casos de teste ou um componente de programa que tem nome (por exemplo, uma função C++ ou um applet Java). (PRESSMAN, 2006, p. 603)

Como podemos perceber referencias ou linhas de base é uma conjunto de itens de configuração aprovados para servir de linha de base para a continuidade do desenvolvimento do software.

Nenhum comentário:

Postar um comentário